Índice de felicidade de um ciclista do sexo masculino …

… que é o meu caso, ao que tudo indica.

Prazer máximo

O Ciclista Incrível, master geek, apresenta à comunidade uma regressão estimada de uma função de felicidade para um ciclista do sexo masculino. Não dou por terminada esta intensiva investigação em sede própria, mas apresento os primeiros resultados. No entanto, acredito que os resultados definitivos não passem muito daqui, porque, convenhamos, o ciclista do sexo masculino, é um primário, um básico, e precisa de muito pouco para sofrer e sorrir ao mesmo tempo em cima da bicicleta. Eu pelo menos …

Função felicidade. Créditos: Ciclista Incrível
Função felicidade. Créditos: Ciclista Incrível

 

onde:

f representa o índice de felicidade de um indivíduo do sexo masculino;
c representa a constante;
P representa a dummy Passeio, em que 1 se passeou, e 0 se não;
h representa o número de horas do passeio;
C representa a dummy Cerveja Consumida, em que 1 se Consumiu Cerveja, e 0 se não;
n representa o número de cervejas consumidas;
M representa a dummy Miúdas Avistadas na rua, em que 1 se avistou Miúdas na rua, e 0 se não;
o representa o número de miúdas avistadas na rua

 

O Ciclista Incrível pretende com a publicação deste estudo, iniciar uma discussão fundamental na sociedade. O Ciclista Incrível só aborda grandes temas. Um existencialista. Um descendente directo do Pacheco Pereira. Ciclista Incrível é o Senhor.

 

Anúncios

One thought on “Índice de felicidade de um ciclista do sexo masculino …

  1. Perfeito. Apenas uma pequena dúvida que resulta de circunstâncias com as quais sou frequentemente confrontado. Começamos o passeio e 5 min depois uma miúda na rua corre ao nosso lado de top e calções curtos, decote generoso que a certa altura compõe deixando ver o suor escorrendo por entre, isto é, na zona do esterno, e que, a certa altura, nos convida para beber uma cerveja que partilhamos com golinhos à vez à vez, entre uma conversa condimentada com olhares cúmplices e um convite para ver a decoração da tenda onde ela está ali perto acampada. É nesta altura que uma dúvida me assalta o espírito: neste caso, a variável c é 1 ou zero?

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s