Pela Bairrada e Dão

A bicicleta do costume está em manutenção, por isso nos últimos dias tenho-me passeado numa de estrada. A aquisição é recente, e a minha experiência neste registo é muito limitada. O que me sobra de disciplina na bicicleta de montanha, ainda me pesa visceralmente nesta quando os quilómetros se começam a acumular.

Vinhas da Bairrada, quase em Anadia

Frustrada a possibilidade de me inscrever no passeio randonneur deste fim de semana, e deixado ao abandono pelo Joel que ultima os preparativos para a grande festa, planeei de antecipação uma volta comprida. Uma rápida visita ao google maps, fez sobressair uma cidade que não conhecia. Santa Comba Dão já não pertence à Bairrada, e está para lá do grande muro de montanhas de que sempre falo. Para lá chegar teria de o passar a jusante, e voltar a montante. Os pontos de passagem seriam as muito apreciadas subida do Luso e a Serra do Buçaco, e a subida do Caramulo por Este. Para apimentar, uma visita a Mortágua, Tondela, Campo Besteiros e Águeda.

É sempre útil contar a passagem por locais mais ou menos povoados, e identificáveis.

Santa Comba Dão

O dia de sol fez com que muita gente aproveitasse o dia para atualizar os quilómetros em falta. Até ao Luso cruzei-me com muitos ciclistas, em registo de passeio ou de faca nos dentes. Assim que comecei a descer para Mortágua, os contactos começaram a ser menos frequentes, e quando finalmente cheguei à zona do Dão, deixei de encontrar outros praticantes. Foi também a partir daqui, que a estrada começou progressivamente a acalmar na frequência de automóveis, o que a juntar ao piso de qualidade, à fluidez do terreno, e às paisagens, fez com que eu somasse furiosamente quilómetros. Quando cheguei a Mortágua, com menos de duas horas de estrada, percebi que tinha o ritmo muito aceso, e que seria prudente acalmar o ritmo.

Campos do Dão

A passagem sobre o rio Criz, que encontra mais à frente a barragem da Aguieira, a passagem até aqui desconhecida por Santa Comba Dão, o cruzamento de campo infindáveis de cultivo, e abordagem à Serra do Caramulo, fizeram-se calmamente. Aquele lado da Serra do Caramulo é muito menos sinuoso.  Até chegarmos ao encalço imediato da Serra, não atravessamos montes mais pequenos, que se replicam dezenas de vezes. Daquele lado, encontramos uma parede que se sobe de uma vez, ao típico estilo de estrada serpenteada.

À saída de Tondela
Por este momento, percebia claramente que o ritmo inicial tinha sido descontrolado, e com cerca de noventa quilómetros, teria de dosear muito bem a restante energia. A subida até ao Caramulo, cerca de sete quilómetros desde Campo de Besteiros, tem tanto de bonita como de complicada, e só mesmo a sequência infinita de curvas em cotovelo, um deleite que nos transporta imediatamente para as horas de transmissão das grandes provas de ciclismo, nos ajuda a acalmar o ritmo cardíaco que teima em disparar.

Descanso em Campo de Besteiros

A chegada em paralelo ao Caramulo é dolorosa, não tanto pelo piso, mas pela inclinação e a dificuldade da subida anterior, pelo que aproveito sempre para parar na padaria do costume. Dali até casa, o terreno era familiar. A uma descida de vinte quilómetros, quase até Bolfiar, depois uma pequena ligação até Águeda, e dali até casa, cerca de quinze quilómetros de parte pernas, sempre, mas sempre sofridos.

Estava morto por conseguir conciliar um dia livre, com uma quantidade decente de horas para pedalar, com o sol do costume. Só este sábado em Abril é que o consegui, e felizmente consegui ter por esta altura uma forma decente que me deixasse pedalar algumas horas sem sofrer muito. Mais meia-dúzia de dias assim, e chego ao Verão com um bronze de ciclista de gabarito.

O resumo todo electrónico aqui.

Anúncios

One thought on “Pela Bairrada e Dão

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s