Mas há afinal alguém a olhar para nós? II

O Ciclista Incrível não se leva a sério. Enquanto ciclista, convicto, tem muito presente que percorre o mapa do detalhe mais esmiuçado da bicicleta, que mais noventa e nove virgula nove por cento do planeta borrifa de alto. Ele sabe-o muito bem, vive-o muito bem, e goza conscientemente o gozo dos geeks que dominam as complexas idiossincrasias do origami.

O Ciclista Incrível sabe que esse modelo de merkelização do semblante e academização do tempo livre é parvo, e por muito que goste de apreciar o bom descendente do fellini, necessita de cultivar uma dependência redundante como necessita do pão de jamon no natal. Não há outra maneira de manter um corpo e uma cabeça minimamente saudáveis nesta janela do espaço-tempo, e só ainda não descambou para o Portal Oficial Dos Gatinhos Fofinhos porque não se sente capaz de hercúlea e honrosa tarefa.

O Ciclista Incrível é a história de milhares de ciclistas incríveis. A mesma história das senhoras que discutem no Centro do Saúde a detentora do esposo mais enfermo, a mesma história do azelha a estacionar o carro familiar no Centro Comercial, e a mesma história do secretário de estado recém quarentão, que nasceu numa família de classe média, fez o décimo segundo com doze, foi estudar para a London Business School, empenhou meia dúzia de felácios, e hoje é um categórico palestrante na Assembleia da República. O tipo de história que está repetido ao expoente da centena, no mínimo.

O Ciclista Incrível sabe-o. Pelo menos ele sabe-o.

papa

Anúncios

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s