Considerações de final de ano

Iniciei este blogue com algumas intenções. Nenhuma delas era especialmente elaborada, mas exigia de mim a cadência quase obsessiva que queria ver treinada. Sempre fui mais rapaz de ler e ver as palavras escritas das outras pessoas.

Sabia muito bem, que entre a confusão da vida académica, criar um hábito regular de publicação de textos para uma pessoa que não se havia habituada a tal, seria complicado. Esse era um dos grande objectivos, que não foi de todo correspondido por mim. Por mil razões, pouco mais publiquei que apresentações de trabalhos de outras pessoas, ou pontuais relatos de voltas que ficaram no goto.

Nas últimas semanas, que nem para a bicicleta tenho empenhado especial atenção – culpa sobretudo do calendário tarefeiro – o ritmo de publicações diminuiu abruptamente, questionando-me a pertinência deste blogue.

O ano que se aborda, será de viragem para o meu lado. Conto gozar mais tempo em cima da bicicleta, assim como cumprir um calendário mais organizado, o que me permitirá, espero, manter este blogue como sempre desejei. Se não cumprir esse objectivo, logo tomarei uma qualquer medida que terminará com a lenta agonia deste blogue.

XXP1100765

Anúncios

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s