Specialized Fast Trak 2.0

Reformei no final do Verão o pneu que me acompanhou nos últimos meses: o Specialized Fast Track 26×2.00 (51-559).

O pneu pesa cerca de 580 gr se não estou em erro, e mede exatamente 50mm de largura e 47mm de altura. Usei-o sempre atrás, e rolou com 35 psi.

Para um pneu 2.00 faz um balão generoso, o que me agrada. Menos que isto, e dificilmente rola na minha bicicleta. Montei na minha bicicleta quando já tinha algum uso, e um pequeno corte lateral que foi reparado. Apesar de ser em kevlar, é escusado pensar que vamos conseguir montá-lo como tubless.
O cardado central do pneu é baixo, e agora que gasto, é ainda mais. Consegue assim ser um pneu rolador, o que aliado ao perfil moderado/alto não compromete em terrenos mais sinuosos já que absorve bastante.
A tração a subir não é um espanto, mas como rola com pressões moderadas, ele deforma um pouco, e assenta com mais cardado no chão. Ora, subida menos inclinadas, em que até temos a tendência de nos por em pé, é melhor pensá-lo antes, porque é capaz de fugir, em saibre sobretudo. Mas quando alinhamos em percentagens maiores, não temos grandes problemas: o pneu deforma-se bastante, e até garante boa tração. Como é alto, podemos atirar-nos a degraus com alguma violência que não há risco de trilhar.
A descer, basicamente, é fixe. Gosto de um pneu escorregadio atrás, e não preciso de carregar muito no travão para ele me atravessar. Mais uma vez, não há grande perigo de me trilhar, mesmo com câmara. Em curva também não compromete, e se sim, mais uma vez é fixe porque apimenta a descida.

A rigidez lateral do pneu não surpreende. Como não é tubless, se usar pressões próximas de 30psi, sinto o pneu a fletir quando por exemplo em saída de curva carrego com mais força no pedal, sinto a traseira a dar-se. Para isso tenho de acrescentar mais uns bofes com a bomba de ar para compensar, mas o problema está sempre lá. Ainda assim, perdoa-se facilmente.
A resistência aos furos não espanta: em cerca de seis meses, não me livrei de usar três remendos.
Usar o pneu à frente é parvoíce. Estou um pouco preguiçoso, por isso deixo aqui um gráfico de resumo. Coloquei as rubricas que entendi serem de maior interesse.

Este já pode descansar em paz, porque já rolou mais que a sua conta. Um homem gosta de coisas fixes.

 

Nota: Este publicação é integralmente surripiada da análise que tenho vindo a registar no forumbtt.

 

Anúncios

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s