Campeonato do Mundo de Estrada II

Podia até ter sido um ano para esquecer para um dos bad boys do pelotão.

Acabou por ser um brilhante final de época e o Philippe Gilbert mostrou porque é um lutador em cima da bicicleta.

A equipa nacional mostrou estar presente, especialmente nos último quilómetros, colocando dois atletas na fuga que ditou a corrida. Tenho a certeza que o Rui deu o que tinha, e depois ainda deu mais, mas dá sempre a sensação de que falta atitude.

Também me presta a incompreensão do porque de só se ter levado quatro elementos, mas isso, fica-se mesmo pela minha pura ignorância.

Créditos das imagens, como sempre do fantástico sítio, em especial para o fotógrafo Kristof Ramon.

 

Anúncios

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s