Podia ainda assim ser melhor se tivesse mais mamas!

Cortesia: Knobby Meats

Como homem e apreciador de bicicletas que sou, anseio impacientemente a chegada da pornografia ao mundo das bicicletas. O universo possível de enredos é extenso, e o público-alvo não deixaria qualquer projecto desta natureza cair pelos pântanosos problemas financeiros. Afirmo convictamente que esta é uma ideia vencedora, e carimbo desde já a certeza de vir a ouvir daqui por uns anos: “O Ciclista Incrível é um visionário!”

Há umas semanas cruzei-me na internet com esta capa, e brilharam-se me os olhos de realização. Estava indubitavelmente perante uma realização típica da indústria pornográfica ou pelo menos bolliudesca, que tem como sabem, o hábito de subverter títulos de grande sucesso americanos em aproximações aos seus universos específicos. Infelizmente enganei-me, e uma pequena pesquisa ofereceu-me uma experiência mirabolante.

Estamos perante um dos primeiros (com quase vinte anos) vídeos com o formato hoje muito popular: poucos minutos, algumas bicicletas, alguns trilhos, e algum pessoal a dizer e a fazer cenas, mas tudo isto a um ritmo psicado de sucessão de imagens, com recursos esotéricos alucinados, e formatadas com o objectivo de garantir uma tripe fulminante. Um verdadeiro must, que deve acima de tudo ser enquadrado no tempo: a força do grunge rompia as panisguices dos sintetizadores harmoniosos, permitindo uma cena que jamais será filmada, ao melhor estilo do Concorde: um grupo de ciclistas com as suas bicicletas dentro de um hummer a fazer rali no deserto.

Não vou deixar aqui nenhum tipo de spoiler porque faço questão de manter o espectador absolutamente inconsciente daquilo que verá, mas ressalvo a necessidade de o verem em casa. No entretanto, vamos esperando ansiosamente pela chegada das matulonas performantes ao btt. Vou tentar não pensar nisso quando me for deitar. O link para o filme aqui, que está dividido no youtube em duas partes.

Anúncios

One thought on “Podia ainda assim ser melhor se tivesse mais mamas!

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s