Requinte é classe!

O repto, também ele pintarola

O Ciclista Incrível não é um fã acérrimo de toda a manifestação inglesa que hoje em dia se esforça desumanamente por conseguir o destaque de outros dias, e muito menos é, de toda a cultura herdada de gerações snobs que fizeram o Afonso da Maia pirar-se da sua bela moradia nos the suburbs de Londres enquanto o seu neto ainda construía os seus mundozinho.

Foto de grupo. Créditos: benbroomfield.com

Mas por outro lado, o Ciclista Incrível é fã de qualquer manifestação ciclística, e muito é, se esta for acompanhado por um mote que implique um tema. Esta receita costuma resultar muito bem em cidades com uma elevada cultura ciclística, promovida quase sempre por associações de sensibilização à causa ciclística, e desta vez deixo-vos um evento que nasceu em Londres.

Foto particularmente fantástica. Créditos: benbroomfield.com

O Tweed Run foi promovido pela primeira vez em Janeiro de 2009 por um grupo de fixed riders locais, e gozou de uma adesão brutal logo na primeira edição. O manifesto era muito simples: o participante deveria caracterizar-se sobre a tradição ciclística British, nomeadamente o tweed four plus.

Créditos: benbroomfield.com

O resultado é delicioso, e vale por si só uma visita a Londres nesse dia, ou na impossibilidade, uns largos minutos a visualizar as galerias de fotografias espalhadas pela net. A adesão da cidade é notória, e o passeio de bicicleta que o grupo goza uns momentos depois das primeiras fotografias de grupo proporciona fotografias fantásticas assim como dá uma alma glamorosa àquela cidade naquela tarde. O Ciclista Incrível facilmente se imagina a participar naquele passeio, com um belo fim de tarde a beber uma cerveja preta num pub de esquina. Há instituições que valem ouro, e essa é uma delas.

Foto de grupo. Créditos: benbroomfield.com

A originalidade do evento trouxe a associação de várias marcas de reconhecidas, very british way, e neste momento o evento já foi replicado em outras cidades tais como Dallas, Paris ou Berlim por exemplo.

Um gentleman. Créditos: benbroomfield.com

O Ciclista Incrível aconselha uma visita ao espaço próprio do evento, à página do Facebook, ou à galeria, acompanhado por um café bem forte sem açúcar, e o Neil Hannon a cantar. Sim café.

Anúncios

O ciclista incrível preza a palavra alheia

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s